Frete Grátis para todo o Brasil a partir de R$200. Parcelamento em até 3x.

5 DICAS PARA ESCOLHER A GRAVATA CERTA PARA O CASAMENTO

1. Gravata Borboleta, será?

Pegadinha muito comum na hora de escolher o modelo da gravata: muitos noivos que usam gravata durante o dia a dia (para trabalho, por exemplo), pelo hábito, acabam optando diretamente pelo modelo tradicional. Então, vale incentivar o noivo a testar novas possibilidades, como a borboleta, para ver como ele se sente. Muitos acabam se surpreendendo positivamente, se achando “mais noivo” e, com certeza, com um visual mais diferente do que o habitual.

Apesar de ser considerado o modelo mais formal fora do Brasil, a gravata borboleta vem ganhando cada vez mais adeptos por aqui, principalmente, nos casamentos mais despojados e ao ar livre. É a opção mais clássica e elegante, que ajuda a trazer o destaque para o noivo. Por isso, é uma gravata que exige confiança ao usá-la. É uma opção muito legal para um dia tão importante para o homem como o seu casamento.


2. Noivo tem que usar gravata branca ou off-white?

image

Foto: Estúdio Barbarella

O casamento de vocês vai ser super clássico? O noivo é bem tradicional? Aposte sem medo. Neste caso, tanto a borboleta quanto a gravata tradicional funcionam. Agora, se o casamento de vocês será mais despojado ou mais moderno, existem infinitas possibilidades de combinação com o traje.

Gravatas com tons de rosa, vermelho e azul estão sendo cada vez mais usadas, tanto com trajes mais neutros, como preto, chumbo e cinza, quanto com o azul – o queridinho da vez. O noivo não se considera nada tradicional e quer algo bem diferente e único? As gravatas xadrez, florais e estampadas trazem personalidade para o traje.


3. As gravatas dos Padrinhos devem seguir a gravata do noivo?

image

Foto: Casa Lume

Aqui o segredo é a coordenação. Os padrinhos não devem usar exatamente a mesma gravata do noivo, afinal de contas, o noivo também precisa se destacar dos demais homens da festa. Existem alguns truques, como usar uma cor diferente. Outra forma é o acabamento, mais acetinado para o noivo e mais opaco para os padrinhos. E, o formato, é claro. Como, por exemplo, o noivo de gravata borboleta e os padrinhos com uma gravata Slim ou tradicional. Ou vice-versa.

Uma forma mais simples de combinar toda a gravataria é brincando entre as tonalidades. O noivo com um tom mais forte, os padrinhos com mais leve e os pais, com um tom intermediário, por exemplo.

Uma combinação mais complexa e mais interessante, é coordenar as cores, usando cores complementares (são as cores opostas no ciclo cromático, como o laranja e azul) e as cores análogas (cores próximas no ciclo cromático, como verde e amarelo). Além de garantir a harmonia (principalmente para a hora da foto!) dos padrinhos, a gravata é um presente bem bacana para os padrinhos, que pode ser entregue na hora de convidá-los, por exemplo.

4. Os vestidos das madrinhas devem combinar com as gravatas dos padrinhos?

image

Foto: Ale Borges

Esse tópico é o mais polêmico. Tem casais que amam coordenar a cor do vestido com a cor da gravata, é muito comum até no caso dos convidados. E, outros que acham que fica demais.

No caso dos padrinhos e das madrinhas, precisamos considerar alguns pontos: o número de casais (ou de pessoas, no caso do estilo americano), a cor escolhida e o que vocês querem destacar. Quanto maior o número de pessoas e mais viva ou forte a cor escolhida, maior será o destaque dos padrinhos e madrinhas, tanto durante a cerimônia quanto nas fotos oficiais. A cor irá se sobressair perante o cenário e os demais detalhes.

Se o desejo for uma composição entre todos os elementos mais equilibrada, sem apego a uma determinada cor, vale seguir as dicas de coordenação de cores acima.


5. Mas, os padrinhos e pajens precisam combinar com a decoração?

image

Foto: Gustavo Gaiote

Sim e não. É claro que os padrinhos e pajens não fazem parte da decoração, portanto não precisam seguir as cores das flores, por exemplo. Mas, considerando que todos os detalhes do casamento são pensados baseado no estilo que os noivos querem imprimir na festa, as gravatas também precisam estar alinhadas à este conceito. Por exemplo, os noivos querem um estilo mais romântico e leve, optaram por tons pastéis na identidade visual e decoração. E, escolhem um vermelho vivo para a gravata. Difícil imaginar uma harmonia nessa escolha, certo?

O mais importante, sempre, é levar em consideração o estilo do casamento. A gravata é mais um elemento dentre tantos outros, e, é a união de todos esses elementos que irá deixar o casamento com a cara dos noivos, de um jeito único e especial.