Terno, camisa e gravata: como coordenar

O terno e a camisa são os primeiros elementos a serem definidos no traje. Sendo a escolha dos acessórios, como a gravata, o passo seguinte na composição do visual.

Algumas considerações simples podem ajudar na escolha. O terno costuma trazer tons mais neutros, como preto, azul, cinza ou bege, que são tons que combinam facilmente com muitas cores de gravata e demais acessórios. Os tons de vinho, marrom, verde, merecem mais cuidado na escolha para o visual não pesar.

image

Foto: Aloha Fotografia

Já a camisa, como fica em segundo plano, não quer se sobressair ao traje, por isso, o ideal aqui também é a escolha de cores neutras, como o branco ou outros tons mais claros que coordenem com a cor do terno, por exemplo, um traje azul marinho com uma camisa azul clarinho. 

Depois, finalmente, a gravata entra em cena. O ideal é que ela seja coordenada com a cor do paletó e/ou colete e tenha contraste com a camisa, como uma tonalidade mais escura, por exemplo.

A escolha das cores

O círculo cromático servirá como um guia para encontrar a melhor forma de coordenar as cores entre os três elementos: terno, camisa e gravata. Ele está dividido entre cores quentes e cores frias e pode trazer três perspectivas de combinações diferentes:

1) Uma cor: variando o tom

Uma forma de coordenar os elementos é usando cores monocromáticas com variações de tom. Por exemplo, terno azul marinho e gravata no tom do terno ou em outro tom próximo de azul, mas que seja mais escuro que a camisa. 

image

Foto: Bruna Sibeli

image

Foto: Wagner Dias

2) Cores similares

As cores similares são vizinhas no círculo cromático. Por exemplo, o azul e o verde estão lado a lado. Por isso, um terno azul pode vir tranquilamente acompanhado com uma gravata verde. Neste caso, o ideal é que a camisa seja neutra. 

image
image

Foto: Amô de Fotografia

3) Cores complementares

Outra forma interessante de pensar a coordenação dos elementos é através das cores complementares. Elas são opostas no círculo cromático e ajudam a criar um contraste entre cores quentes e frias. Por exemplo, o azul e o laranja são cores complementares. É possível criar contrastes harmônicos entre outras cores quentes e frias, como o azul e o vermelho, por exemplo.  

image
image

Foto: Ítalo César

Usando cores diferentes no traje

Usar um terno com uma cor diferente traz ousadia e personalidade para o traje. Neste caso, como o destaque já está no terno é preciso tomar cuidado para não pesar, tanto a camisa quanto a gravata compõe melhor o visual com cores mais neutras.

image

Foto: Andre Alves Fotografia

Mas, isso não significa que a gravata deva ser apenas sólida. Podemos brincar com o padrão da gravata para continuar a mensagem criativa do visual.

image

Foto: Ale Bigliazzi

Quando a camisa é o destaque

Neste caso, o traje deve ser neutro e liso. Afinal, o papel de destaque foi direcionado para a camisa, que pode ser usada com algum padrão, como poá e xadrez ou estampa, como floral. Para coordenar a gravata, opte por uma das cores presentes na camisa ou uma cor neutra. Uma gravata sólida traz mais leveza e mantém o destaque na camisa.

image

Foto: Beta e Borelli