Frete Grátis para todo o Brasil a partir de R$290. Parcelamento em até 3x.

COMO ORGANIZAR O GUARDA-ROUPA MASCULINO

Na correria do dia a dia as vezes o cansaço vence e as roupas e os acessórios vão se misturando sem aquele cuidado especial no guarda-roupa. E aí, já viu, tem aquela peça que você adora que pode acabar escondida lá no fundo por semanas, junto com outras que já poderiam ter sido doadas há um bom tempo para fazer mais espaço, e por aí vai.

Arrumar bem o seu guarda-roupa não é apenas uma questão de praticidade, uma boa distribuição das suas roupas no armário traz também organização visual para que você tenha sempre noção das peças que têm a sua disposição, seja para o dia a dia, seja para o final de semana ou para os dias de festa.

Assim, além de facilitar a sua vida, um guarda-roupa mais funcional pode melhorar a forma como você constrói o seu visual, evitando muitas repetições de peças, economizando ao evitar compras em excesso, além de deixar o seu guarda-roupa mais versátil porque você vai conseguir visualizar o todo para montar melhor suas composições. 

O cenário, na teoria, parece o ideal, não é? Mas colocar em prática pode ser mais fácil do que parece. Algumas dicas te ajudam a pensar na estrutura do seu guarda-roupa como um todo para facilitar também na manutenção da organização no dia a dia.

Reserve um tempo para cuidar das suas coisas e aproveite essas dicas valiosas que separamos, peça por peça:

Gravata

Vamos começar pelas gravatas, imaginando como você vai começar a desfazer o seu visual. Elas devem ser penduradas em um cabide ou organizador próprio para elas. Dê preferência para a parte alta, na altura dos olhos. Evite também colocar uma gravata por cima da outra, cada uma no seu espaço. Dica importante: as gravatas devem ser guardadas sem o nó, desfaça-o ainda no pescoço e pendure a sua gravata. Assim, além de manter a sua forma original, as gravatas também poderão ser visualizadas mais facilmente na hora de escolher o próximo visual.

Como guardar gravata

Outra dica é organizar as gravatas por cor, das tonalidades mais claras para as mais escuras ou vice-versa. Este é um jeito prático de saber o que você tem a sua disposição e poder se dedicar mais ao seu visual, criando composições diferentes a cada dia.

como guardar gravata

Suspensório

Esta dica também vale para os cintos. Essas peças podem ser penduradas na altura dos olhos para facilitar a escolha, como as gravatas, ou guardadas enroladas na gaveta, vai depender do espaço que você tem disponível no seu guarda-roupa. A dica aqui é organizá-las também por cor, deixe sempre os tons próximos mais perto um do outro, assim você escolhe o sapato e já pega o suspensório ou o cinto que vai coordenar com ele.

como organizar o guarda roupa masculino

Lenço de bolso

A forma de guardar o seu lenço de bolso também vai depender do espaço e da quantidade de itens que você tem. Se você usa com muita frequência e tem muitos disponíveis, por exemplo, você pode usar um cabide com clipe para organizá-los por cor. Assim você vai ter sempre acesso fácil a eles para compor o visual.

como guardar lenço de bolso

Se você tiver menos espaço para os seus lenços, uma boa dica é guardá-los em uma caixa organizadora, vale também uma caixa de sapatos. Eles podem ser dobrados suavemente em retângulos, para caber na caixa, e podem ser organizados por cor.

Prendedor de gravata 

como organizar o guarda roupa masculino

Use uma caixa pequena para colocar todos os prendedores. A dica é deixar essa caixinha próxima de onde você guarda os demais acessórios menores, como o relógio, e deixá-la sempre aberta ou com uma tampa transparente, assim você consegue visualizar rapidamente todos os itens lá dentro. Vale apenas tomar cuidado para não colocar estes itens exatamente na mesma caixa, porque você pode correr o risco de arranhar a tela do relógio, por exemplo. Agrupar os acessórios em uma mesma gaveta, por exemplo, como prendedor, relógio e cinto, ajuda a pensar em um visual todo coordenado mais rapidamente.

Meias

como organizar meias

As meias são um capítulo à parte na história da organização do guarda-roupa masculino. A ideia aqui é, ao invés de jogá-las com pressa na gaveta, sempre tire um tempo após a lavagem para organizar as suas meias em pares e fazer rolinhos antes de guardá-las novamente. Você também pode usar aquelas divisórias de gaveta, são fáceis de encontrar. Assim você não perde tempo caçando as meias iguais, evita se estressar na hora de sair e saberá sempre as cores que têm a sua disposição para coordenar com o restante do traje.

Dica: as meias podem ser coordenadas com a calça para alongar a silhueta.

meias sociais masculinas

Camisa

As camisas devem ficar penduradas em cabides, sempre na altura dos olhos. Elas podem ser separadas por ocasião, das mais casuais para as mais formais, e por cor, das tonalidades mais claras para as mais escuras. São formas de facilitar a escolha e a coordenação com as outras peças. Alguns modelos também podem ser dobrados e colocados em prateleiras ou gavetas, como as blusas de malha, sem gola, moletom e sweaters. As partes que compõem o terno devem ser consideradas como um conjunto e penduradas juntas, como paletó, colete e até a calça.  

Dica: quando escolher uma camisa, passe o cabide vazio para frente de todos para ser usado novamente.

Calça

As calças podem ficar na parte de baixo do armário. Algumas peças podem ser dobradas, como calças jeans e esportivas, mas as sociais, o ideal é que fiquem penduradas. As calças também podem ser organizadas primeiro por ocasião, das mais casuais para as mais formais, e depois por cor.

Sapato

A melhor forma de guardar os sapatos é em plataformas levemente inclinadas, no chão do armário ou em uma sapateira, assim fica bem mais fácil escolher. Os sapatos também devem ser organizados por categoria, por exemplo, os tênis esportivos na extremidade oposta dos sapatos sociais, e por aí vai.  

Dica de ouro final para organizar o seu guarda-roupa: as peças que você usa com menos frequência, em ocasiões muito especiais, podem ser guardadas em compartimentos diferentes que não fiquem ao alcance dos olhos, mas que você saiba dizer onde estão. Já aquelas peças que você não usa há pelo menos um ano, não vale a pena guardar, livre-se delas para fazer espaço.