Frete grátis para todo o Brasil a partir de R$290 | cupom FRETEGRATIS | Em até 3x sem juros

Quando você pensa em gravata, qual é a imagem que primeiro vem à mente? A verdade é que esta peça clássica do universo social masculino não se limita a apenas um modelo, e um mesmo formato também pode ter suas variações.

tipos de gravata

O modelo de gravata mais comum de se ver nas ruas, no dia a dia dos brasileiros, é aquele longo e tradicional. Mas também existe o modelo borboleta e suas variações, o modelo com a ponteira reta, entre outros.

Gravata slim azul

Vamos falar um pouco sobre esses modelos e como eles se encaixam em diferentes situações sociais e diferentes tipos de estilo e personalidade.

Gravata Regular

Gravata regular e slim

É o modelo de gravata mais comumente encontrado no dia a dia, principalmente nos grandes centros comerciais, que concentram escritórios e empresas onde o traje formal é exigido para o trabalho.

Este modelo costuma trazer a largura da ponteira mais larga, acompanhando os cortes mais tradicionais de terno, pois a largura da gravata deve acompanhar a largura da lapela do paletó.

Esta gravata é muito usada para o dia a dia de trabalho ou para eventos sociais. O que muda entre uma situação e outra, como um dia comum e uma festa, é o tipo de tecido, cor e padronagens da peça.

Geralmente, ela é preferida por perfis mais tradicionais, que não curtem muito inovações no traje social, escolhendo a opção mais conhecida e segura para eles. O que não é nenhum problema, apenas uma questão de estilo.

Gravata Slim

A gravata slim é uma versão mais ou menos recente, isto porque ele estreitou um pouco o a gravata mais tradicional para acompanhar os modelos de terno modernos que trazem o corte mais ajustado ao corpo e lapela mais fina.

Gravata slim x gravata regular

O modelo slim se diferencia apena na largura da ponteira. Mas, por ser mais fina, acaba trazendo um ar mais moderno para o traje social. Ele muda também o tipo de nó que deve ser usado, dando preferência aos nós de gravata menos volumosos, como o nó simples, por exemplo. Veja mais sobre nós de gravata.

O uso é o praticamente o mesmo do modelo tradicional de gravata, funciona tanto para o dia a dia quanto para eventos sociais, considerando novamente o acabamento, as cores, o tecido, etc.

É o modelo mais escolhido atualmente por perfis mais modernos, que curtem trajes com o corte mais delineado.

homem de gravata slim

Gravata Borboleta

A gravata borboleta também pode ser considerada um modelo tradicional. Ela é uma peça clássica do vestuário social, sendo tratada como um modelo bem formal ao longo dos anos. A gravata borboleta preta, por exigência, sempre acompanhou, o traje Black Tie obrigatório, o dress code mais formal.

Black Tie

Fora dos eventos sociais, por exemplo, ela sempre foi usada por personalidades que buscavam balancear o status quo, dando um toque irreverente ao traje formal, buscando uma mensagem mais carismática. É o exemplo da famosa gravata borboleta preta com poás brancos, de Winston Churchill.

Ao longo do tempo as estampas e as cores foram deixando a gravata borboleta mais leve, trazendo a peça para trajes mais casuais.

Gravata borboleta estampada

Atualmente ela vem sendo muito usada em festas de casamentos, por exemplo, é comum ver o noivo e os padrinhos com gravata borboleta. Isto porque a peça se destaca da gravata tradicional e ajuda a diferenciar os personagens principais dos demais convidados.

Gravata borboleta regular x gravata borboleta slim

Gravata borboleta slim e gravata borboleta regular

A diferença entre os modelos também é a largura. A gravata borboleta slim traz as abas um pouco mais finas que o modelo regular. Ela é uma peça que ajuda a dar um ar mais moderno para a gravata borboleta. A escolha entre uma ou outra é bem pessoal.

Gravata borboleta sem nó x gravata borboleta nó pronto

Gravata borboleta para dar o nó

Gravata borboleta nó pronto

A gravata borboleta para fazer o nó é o modelo mais tradicional, ela exige certa dose de experiência ou treinamento com esta peça sofisticada, pois o nó pode ser um pouco mais trabalhoso, apesar de muito elegante. A ideia do modelo com o nó pronto é justamente facilitar o uso mais esporádico da peça, como é o caso do noivo e dos padrinhos, que podem não ter muita experiência com a peça e precisam de algo mais simples de vestir no grande dia, pois a gravata borboleta com nó pronto precisa apenas ser ajustada no pescoço.

Gravata com a ponteira reta

Gravata de tricot

A gravata com a ponteira reta é uma versão mais casual. Ela era a escolha de profissionais que queriam quebrar um pouco a rigidez da roupa social, sem perder a formalidade e a respeitabilidade do traje. Uma boa opção para acadêmicos e cientistas, por exemplo.

Gravata com ponteira reta

A peça volta ao cenário social masculino trazendo a mesma funcionalidade: dar um toque mais casual ao traje social, diminuindo a formalidade com o formato da ponteira reta que sai do convencional.

É um modelo muito usado no tricot, por exemplo, pois ele se adequa ao tipo de acabamento que a técnica exige, formando uma nova gravata a partir dos fios de seda e finalizando com a ponteira quadrada.

Hoje ela é usada tanto no dia a dia quanto em eventos sociais mais leves, como festas mais descontraídas ou por quem gosta de criar o visual semiformal, que faz misturas entre peças sociais e mais casuais, como uma calça de sarja ao invés da alfaiataria, ou um blazer substituindo o paletó, por exemplo.